Buscar

ECONOMIA| Arraial do Cabo tem o aluguel fixo mais caro da região dos lagos

Nos principais grupos da cidade nas redes sociais, o questionamento quanto aos preços do aluguel se torna um tema debatido diariamente.


Segundo a pesquisa do Folha Cabista, Arraial do Cabo se encontra com o m2 mais caro da região dos lagos, as famosas quitinetes, casas compostas de dois cômodos chegam a custar até R$ 1.000,00 mensalmente no centro da cidade. Nos distritos,morro da cabocla e boa vista esse valor diminui até 50%, mas para muitos continua caro.

Economistas locais dizem que o principal fator para justificar o valor anual é a valorização do imóvel nos períodos de alta temporada e feriados, além da oferta e demanda. Mesmo com os preços acima da média, a procura para morar no paraíso ainda continua grande.

Comparando o m2 do aluguel fixo com as cidades vizinhas, foi possível encontrar valores bem a baixos da média de Arraial do cabo, por exemplo: Uma quitinete em Cabo Frio no bairro Braga (excelente localização, próximo a praia do forte e centro da cidade), por R$ 550,00 incluso água e luz. Já em São Pedro da Aldeia a diferença é ainda maior, com o valor do aluguel de R$ 1.000,00 conseguimos encontrar uma casa de 2 quartos e garagem no centro da cidade.


Esse efeito de valorização do imóvel, tem grande consequência pelo crescimento desordenado e a falta de fiscalização da Secretaria de obras, no qual permite construções de até quatro andares, segundo funcionários da secretaria, diversas denúncias chegam diariamente quanto construções irregulares e não há um setor responsável para apurar e emitir notificações.

Procuramos o vereador eleito e atual secretário de obras, Pedro Cajueiro , pelo telefone fixo da secretaria (22) 2622-5202 disponibilizado no site da Prefeitura municipal e google, mas nenhuma das chamadas foi atendida.


Por conta da rentabilidade do aluguel na cidade, muitos proprietários com imóveis em Arraial decidem alugar a sua casa e investir nos distritos, esse fator econômico é essencial para o desenvolvimento dos bairros mais afastados que ao longo do tempo vem crescendo cada dia mais, podemos dizer que hoje, grande parte dos cabistas se encontram nos distritos.




0 comentário