Buscar

Mutirão cultural mobiliza mais de 400 participantes no Morro da Cabocla

A iniciativa foi realizada pelo coletivo do Meu Sarau, Marginow e Caboklas Arraial, respectivamente representados por Lucas Ramon, Brendow Lincoln, Catalina e Runa contando com a presença de artistas locais e de todo o estado do Rio de Janeiro.

(Fotografia: Guilherme Sardinha)

No último domingo (20), o Morro da Cabocla, também conhecido como morro da coca-cola foi sede da primeira intervenção artística do ano em Arraial do Cabo, graças a ação dos grafiteiros a comunidade se tornou abrigo de um museu á céu aberto.


''Isso é uma obra de arte, são artistas de verdade. É muito bom para as crianças, elas ficam brincando aqui nessas ruas e da um ambiente diferente, mostra que tem pessoas olhando pelo morro. Ficou muito legal, moro aqui a mais de 15 anos e nunca tinha visto algo assim''. - Abdir Castanho





Fotografia: Guilherme Sardinha

Além dos murais de graffite, foi realizado diversas atividades para as mais de 100 crianças presentes, com distribuição de cachorro-quente, apresentação circense da Casa de Lukita com conscientização ambiental e pintura facial.

Fotografia: Vivazphotographs


O evento cultural teve duração de 12 horas, terminando com as apresentações do Meu Sarau com muita música, poesia e rap, revelando grandes talentos. A tropa do He-man foi destaque com os artistas locais, como: Leo do Ak,Marcol, Duda Nascimento, Matin e Lucas Ramon.

Fotografia: Guilherme Sardinha


'' É muito importante para a comunidade receber eventos culturais como esse, possibilitar as crianças a enxergarem as possibilidades do mundo através da arte muda a concepção de futuro dessas crianças para sempre''. Marta Fonseca

Fotografia: Lity Miranda



Reportagem: Brendow Lincoln, produtor cultural e editor geral do folha cabista



0 comentário