Buscar

Mutirão do Lixo Experience é concluído no primeiro semestre em Arraial do Cabo

A ação de conscientização ambiental aconteceu neste sábado, 11 de dezembro das 7h às 12h, contando com uma programação que incluiu Trilha Consciente a partir do Canto da Baleia na Praia dos Anjo, exercitando na prática o conceito de “slow” turismo, teve aulão de yoga na areia das Prainhas do Pontal do Atalaia, uma hora de mutirão do lixo, meditação e piquenique solidário.


Fotografia: @bywilker,

Fechando com chave de ouro o ano e o ciclo de 6 mutirões de lixo, um por mês, além de outras ações de conscientização ambiental vinculadas ao autoconhecimento e inteligência emocional, a equipe do Preserve Arraial do Cabo idealizou e concretizou um mini retiro gratuito, o “Mutirão de Lixo Experience” para convidar a população a experimentar na prática a proposta de uma realidade mais consciente e amorosa ao andar pelo Santuário das Prainhas do Pontal do Atalaia, intenções puras que alguns já emanam há muito tempo de forma individual, agora com a chance de se unirem para expandir e materializar isso numa egrégora mais potente, assumindo a responsabilidade e o poder que cada um tem de cocriar a realidade que precisamos.


Como seria implementar uma conexão mais profunda com a Natureza a partir de técnicas milenares simples e acessíveis como respiração consciente, Yoga e meditação, dentre outras? O Turismo Consciente ou Imersivo é uma nova tendência que vem ganhando espaço gradualmente dados os prejuízos e esvaziamento do turismo atual que apesar de naturalizado é tido como predatório. O grupo acredita que ações de conscientização, não só de sustentabilidade em si, mas baseadas num contato mais profundo, não só agregariam mais valor ao turismo, mas poderiam atrair novos tipos de público que ao invés de depredarem, motivam um contato menos superficial e mais autenticamente afetuoso com os pontos turísticos e a Natureza singular que os caracteriza.


Fotografia: @migueldiazdesign Com as práticas de mutirões, a comunidade entende que remover a parte que puder do lixo despejado sobre estas terras não é heroísmo ou luta, mas sim assumir responsabilidade sobre um paraíso mais simbólico, o interior, pois o exterior é um reflexo do mundo interior. Substituindo assim um desatualizado paradigma de conflitos e cultura de guerra, estão substituindo “lutar por” por “atuar por”. Assim, o caos não precisa ser visto de forma trágica e vitimista, pode ser um convite da Natureza para cada um assumir a parte que lhe cabe no processo, criando pontes para que outros atravessem no seu tempo, de um senso comum de adormecimento para um protagonismo.


“Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta.” Carl Jung


Fotografia: @caferreira.yoga 🙏👣🌱

Despretensiosamente e sem pressa, a comunidade Preserve Arraial do Cabo sustenta como um de seus valores a doação associada à autorresponsabilidade, um compartilhar consciente como um jeito de entrar em sintonia com o dar e o receber que flui em equilíbrio perfeito pela Natureza, da qual temos ainda tanto a aprender, ou melhor relembrar, pois também somos Natureza.


"Se não puder fazer coisas grandiosas, faça pequenas coisas de forma grandiosa."

Martin Luther King Jr.


“Preserve Arraial do Cabo” se auto nomeia como uma comunidade de moradores apartidária, composta por voluntários, focada no engajamento e protagonismo da população rumo à sustentabilidade e ao despertar da consciência ambiental. Sustentam alguns valores norteadores como a sustentabilidade unida ao autoconhecimento e inteligência emocional a fim de atingir e disseminar uma postura de autorresponsabilidade e protagonismo. A espinha dorsal do movimento são os mutirões mensais, sessões de cine conscientização, palestras dentre outras ações. É nestes momentos presenciais que a equipe reunida se predispõe a trocar uma ideia com aqueles que sentirem afinidade e desejarem somar de alguma forma. No mundo virtual o perfil @PreserveArrialdoCabo é um espaço para manter as atualizações, articular informações importantes e manter a chama acesa.


Reportagem: Brendow Lincoln - Produtor Cultural e editor geral do Folha Cabista

0 comentário